O poder da palavra ensinada nas Escrituras Sagradas

O poder da palavra ensinada nas Escrituras Sagradas

A palavra tem poder tanto para destruir quanto para edificar.

Um dos mandamentos proíbe usar o nome de YHUH em vão. Em Êxodo 20:7 encontramos:

“Não tomarás o nome do Senhor teu YHUH em vão; porque o YHUH não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão.”

Também em Êxodo 20 lemos “Não usará de falso testemunho contra o teu próximo.”

Apenas nesse capítulo, que contém os 10 primeiros e maiores mandamentos, encontramos duas ordens sobre o uso da palavra.

As palavras são tão poderosas que às vezes é melhor usar o silêncio. A Bíblia diz em Provérbios 13:3:

“O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína.”

As nossas palavras revelam o que está no nosso coração. As Escrituras Sagradas revelam em Mateus 12:34: “Raça de víboras! como podeis vós falar coisas boas, sendo maus? pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca.”

As nossas palavras são importantes porque nós representamos a Adon Yahusha/Jesus Cristo.

Lemos em Colossenses 4:6: “A vossa palavra seja sempre com graça, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um.”

Como devem ser as nossas conversas? A Bíblia diz em Efésios 5:4: “Nem baixeza, nem conversa tola, nem gracejos indecentes, coisas essas que não convêm; mas antes ações de graças.”

As nossas palavras podem ser fontes de animo para outros. A Bíblia diz em Provérbios 25:11: “Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.” Em Isaías 50:4:

“YHUH me deu a língua dos instruídos para que eu saiba sustentar com uma palavra o que está cansado; ele desperta-me todas as manhãs; desperta-me o ouvido para que eu ouça como discípulo.”

Há um poder tremendo em nossas palavras. Em Provérbios 18. 21 está escrito que: “A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto”.

Além de todos esses exemplos, as Escrituras Sagradas revelam que foi através da Palavra que tudo foi feito:

Em Gênesis 1:3 lemos:

“E Elohim disse: Haja luz, e houve luz”

E lemos isso de novo e de novo em todo o capítulo que nos ensina como a criação foi feita. Ou seja Ele disse! Através da Palavra o mundo foi feito, nós fomos feitos.

Isso por si só mostra o poder da palavra, e por isso devemos pensar, refletir em cada palavra que dizemos, pois elas têm poder, têm feitos e consequências.

O que sai da boca vem do coração?

Em Mateus 15:18-20 lemos:


Mas o que sai da boca vem do coração, e é isso que contamina o homem. Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias. São estas as coisas que contaminam o homem; mas o comer sem lavar as mãos não o contamina.

Lemos em Provérbios 4:23:

Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios.

O que a Bíblia fala sobre o poder da língua?

Em Provérbios 18:21 está escrito que: “A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto”.

As palavras são ferramentas extremamente importantes da nossa comunicação. Elas têm um grande poder, sendo capazes de motivar, levantar, emocionar, aproximar, decepcionar, magoar, afastar e derrubar. Dependendo do que e de como falamos, podemos tanto agradar quanto desagradar quem nos ouve.

Por isso conhecer as Escrituras Sagradas é fundamental, é o melhor caminho para aprendermos as palavras certas a serem ditas, pensadas e vividas. Cada capítulo é uma riqueza de ensinamentos, além de serem as palavras certas que o próprio Adon Yahusha/Jesus Cristo disse, e nos ensinou, e quanto melhor delas estiverem nas nossas bocas, mentes e no coração, melhor para nós!

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.